segunda-feira, 30 de novembro de 2009

O REI DA PAZ

O REI DA PAZ
(Miquéias 5: 2 - 5 a)

- O profeta Miquéias disse, em suas palavras, que o próximo rei da linhagem de Davi seria o Messias, que estabeleceria um reino que nunca teria fim. Os LÍDERES de Jerusalém estavam OBCECADOS POR SUAS RIQUEZAS E POSIÇÕES, mas Miquéias profetizou que a poderosa Jerusalém, com toda a sua abastança e poder, seria sitiada e destruída.
- Seu rei atual (Pecaías) não poderia salva-la, mas A PEQUENINA CIDADE DE BELÉM SERIA O BERÇO DO ÚNICO REI QUE SALVARIA O SEU POVO. Esse rei eterno, conforme a profecia, nasceria como um bebê em Belém, e governaria como Rei eterno.
- “ E Tu, Belém-Efrata” (V.2). Efrata era o DISTRITO onde a cidade de Belém estava localizada. A BELÉM PRÓXIMA A JERUSALÉM, ONDE NASCEU DAVI, E ONDE HAVERIA DE NASCER O MESSIAS, JESUS CRISTO. Vemos essa profecia de Miquéias se cumprir sete séculos depois, conforme MATEUS 2:5-6 E LUCAS 2:4-7.
- A profecia de Miquéias é bem explicita em indicar, com muita precisão, o lugar desse acontecimento, dando referências de Belém e Efrata. Tanto a DIVINDADE como a HUMANIDADE de Cristo são claramente APRESENTADAS no verso 2: “Como homem, nasceu na estrebaria em Belém; como Deus, existia “desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.”
- Apesar de ser eterno, Cristo entrou na história da humanidade como HOMEM, COMO JESUS DE NAZARÉ.
- A profecia de Miquéias não menciona apenas o local de nascimento do Messias, o novo Rei, COMO RELATA SOBRE UM REINADO DE PAZ SOBRE A TERRA. Israel e Judá somente possuíam segurança conforme a força de seu rei. Porém, não conseguiam assegurar uma paz duradoura para o povo escolhido de Deus.
- Miquéias anunciou em sua profecia, um rei que viria com tamanha grandeza e força, que seu poder alcançaria os confins da terra. DEBAIXO DO GOVERNO DESSE REI (JESUS), o povo habitaria em completa segurança e paz. O INIMIGO seria IMPOTENTE contra ele e seria DESTRUÍDO.
- Nos evangelhos do NOVO TESTAMENTO, vemos a CONFIRMAÇÃO DE JESUS COMO ESSE GRANDE REI. ELE É O DEUS DA NOSSA PAZ! Conforme ele mesmo disse em João 14:27: “ Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou! Não vo-la dou como a dá o mundo! Na se turbe o vosso coração, e nem se atemoriza!”
- Em Cristo, o Messias, o verdadeiro Rei, temos a verdadeira paz! PODEMOS EXPERIMENTAR A VERDADEIRA PAZ COM DEUS, SEM NENHUM MEDO DE JUÍZO, CONFLITO OU CULPA. Mesmo que as guerras continuem, a PAZ DE CRISTO concede-nos segurança.
- Cristo possibilitou a paz entre nós e Deus, quando derramou seu sangue na cruz. POR SER JESUS A NOSSA PAZ, CRISTO TRAZ PAZ AO CORAÇÃO, NO NOVO NASCIMENTO; E NA SUA VOLTA, ELE TRARÁ PAZ AO MUNDO! Na volta de Cristo, todas as guerras e todas as armas serão eliminadas. Reinará a paz do Senhor! Ou seja, ESSA PAZ COMEÇA EM NÓS QUANDO O ACEITAMOS, E SE COMPLETARÁ QUANDO ELE VIER PARA ESTABELECER O SEU REINO ETERNO!

Um comentário:

  1. Boa mensagem.
    Falou como um verdadeiro mestre em hermeneutica.
    Um grande abraço.

    Rodrigo F. Andrade
    Um servo servindo a outros

    ResponderExcluir