domingo, 29 de novembro de 2009

IGREJA FRIA OU QUENTE???
(Apocalipse 3:15-17)

- Laodicéia: Cidade construída sobre sete montes, tinha primeiramente o nome de Diosópolis (ou cidades de Zeus, um deus da mitologia grega). Foi ampliada e melhorada por Antíoco II, que então, lhe pôs o nome de LAODICÉIA em honra a sua mulher LAODICE.

- Paulo se esforçou por introduzir o Evangelho em Laodicéia, cidade de onde escrevera para que os Colossenses compartilhassem com eles sua mensagem (Col. 4:16).

- Por volta de 62 DC, houve um TERREMOTO que DESTRUIU a cidade, e depois, o seu próprio povo a RECONSTRUIU, o que os enchia de orgulho, pois o fizeram sem necessitar PEDIR AUXÍLIO ao estado.

- Tornou-se uma CIDADE RICA, (a mais rica das sete cidades) proveniente da excelência de suas LÃS, EXTRAÇÃO DO OURO e fabricação de REMÉDIO (ungüento) PARA OS OLHOS, e seu SISTEMA BANCÁRIO, o que produzia também uma APATIA ESPIRITUAL na Igreja.

- A Igreja ali havia se tornado uma COMUNIDADE TÃO MORNA como a água que chegava aquela cidade. Não se realizava na Igreja o que se esperava de uma igreja.

- Não era uma IGREJA QUENTE (ativa, pulsante, determinada, perseverante) NEM TÃO POUCO FRIA (centrada, convicta e introspectiva, silenciosa). Era uma Igreja em que as ações espirituais e comportamentais eram INSOSSAS e SEM VIDA; era uma IGREJA MORNA!

- Eram indiferentes, achavam-se auto-suficientes. NEGLIGENCIAVAM seu serviço a Cristo, tornando-se rígidos e presunçosos. Estavam se auto-destruindo. Mas queriam continuar sendo reconhecidos como Igreja.

- A carta revela que, mesmo tendo muitas posses materiais, ERAM POBRES E MISERÁVEIS ESPIRITUALMENTE. E a continuar dessa maneira, seriam VOMITADOS da boca do Senhor. A carta era um pedido de mudanças !!!
- DE QUE MANEIRA O QUE ESTAMOS FAZENDO ESTÁ AFETANDO NOSSO DESEJO ESPIRITUAL?

- Como estamos diante do Senhor? Quentes, mornos ou frios? Ativos, pulsantes, perseverantes, determinados, centrados, introspectivos, silenciosos ou insossos e sem vida?

- Das sete cartas do Apocalipse, é a mais triste, pois não havia nela nenhum COMPORTAMENTO DIGNO DE APROVAÇÃO. Havia sim, um desejo ARDENTE da parte de Deus para que HOUVESSEM MUDANÇAS PROFUNDAS que tornassem Laodiceia uma VERDADEIRA IGREJA DO SENHOR!

- As vezes, é isso que Deus espera de cada um de nós! Uma POSTURA quente ou fria, mas INTIMA COM ELE. Mas temos nos apresentado: apáticos, letárgicos, insossos, insípidos e sem vida... totalmente mornos espiritualmente!



* Conclusão:

- Assim como a Igreja em Laodicéia, Deus conhece todas as nossas obras, e SABE (conhece) perfeitamente se somos frios, quentes ou mornos. Ele nos conhece e sabe se nos achamos auto-suficientes (não queremos depender dos irmãos, da Igreja ou do próprio Deus).

- Ele sabe se EXTERIORMENTE nos apresentamos felizes e INTERIORMENTE estamos infelizes; Ele sabe intimamente que somos TOTALMENTE DEPENDENTES d`Ele.

- Para quem quer continuar a se apresentar morno diante do Senhor, Ele adverte, que há de nos vomitar de sua boca. Sejamos então, frios, ou quentes. Dessa maneira, Deus se agradará de nós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário